Como cuidar de gatos filhotes

/
0 Comentários
como cuidar


Quem se aventurar a ter um animal doméstico, e escolheu um felino, deve saber como cuidar de gatos filhotes, antes de tudo. Sem ter um conhecimento prévio sobre o comportamento deles, os cuidados básicos e as necessidades, a adoção poderá trazer muito estresse e dificuldade.

Antes de tudo é essencial pensar que gato não é cachorro. Ou seja, não se pode esperar um comportamento igual, pois são animais distintos. Embora possuam algumas semelhanças e partilharem o mesmo ancestral, eles evoluíram de maneira diferente.

Nesse post tentarei lhe mostrar o básico para se saber antes de ter um bichinho desses. Anote tudo ou imprima, pois é um conhecimento valioso na hora da educação do felino. E sabemos que para aprendermos de verdade um conhecimento, é necessário reavaliá-lo diversas vezes.

Aqui no Dicas Felinas já tratamos de algumas coisas relacionadas com a criação de gatos. Nesse post pularemos esses assuntos já tratados aqui.. Mas é necessário ler os assuntos já tratados aqui, faça isso agora ou após terminar a leitura desse post. Então visite:

Chegando em casa

Num primeiro momento é preciso apresentar sua casa para o filhote, já que ela também será o território dele. Ao contrário do cão, que se mantém fiel ao dono e isso é o que basta, o gato é territorialista. Isso se deve a maneira que eles evoluíram e se organizaram para caçada. O cachorro veio de bandos, por isso sua obediência ao "líder". 

Já nossos bichanos são caçadores solitários. Para eles o mais importante é ter um território seguro. E é por isso que um gato jamais dará o carinho e afeto aos seus familiares se não estiver plenamente seguro do território. Entendeu a importância disso?

Dê um tempo para ele avaliar o território. É importante para ele conhecer cada parte da sua casa.

cuidados

Treinamento

Desde pequeno é necessário ir moldando o comportamento dele para que ele seja um gatinho educado e obediente. A melhor maneira de treinar seu filhote é através do reforço positivo. Nada de gritar, bater, e sacudir. Esse tipo de castigo além de ser contraproducente, pode afetar a relação de vocês. Além de que pode deixá-lo agressivo.

Quando ele fizer alguma coisa que você não goste, faça um barulho agudo - como bater na mesa com a mão -, ou esborrife água no focinho dele. Assim ele associará tal comportamento a uma coisa desagradável. O reforço positivo consiste em você recompensá-lo quando ele fizer algo direito. Dê-lhe a comida preferida, ou faça um carinho nele para que entenda quando ele fez a coisa certa.

Tenha em mente a regra básica que todo comportamento positivo do gato não acontece de forma natural. É preciso prepará-los. Não o provoque, não estimule brincadeiras agressivas - como mordidas na mão - pois isso pode treiná-lo de uma maneira que você não deseja. Também mantenha longe dele coisas que podem danificar, assim como coisas perigosas para ele. Sabemos que eles são extremamente curiosos.

Sociabilidade

Para que um gato aja naturalmente na presença das pessoas, é necessário que ele tenha uma convivência pacífica logo no começo da vida. Socializar o gatinho com diversos tipos de pessoas quando ele é um bebezinho é essencial para que seu animal seja um felino amoroso com todo mundo. Associe visitas de pessoas a coisas boas, utilizando brincadeiras e petiscos.

gato

Veterinário

Assim como os humanos, os gatos precisam de "check ups" frequentemente. Não deixe jamais de levar seu animal ao veterinário, e seguir tudo o que ele disser. Só um médico especializado poderá lhe dar as informações necessárias. Habitue-o a visitar o veterinário com frequência.

A vacinação é melhor quanto mais antes for começada. Seguir os dias certos da vacina também é essencial, não deixe passar nenhuma dose. Quando o gato crescer, leve ele no mínimo uma vez a cada 6 meses, sempre levando em consideração o que o veterinário disser.

Se você perceber que seu bichano não gosta muito das visitas, recompense-o cada vez que levá-lo à clínica veterinária, para que ele associe isso a uma coisa prazerosa. O reforço positivo é importante quando você ver que ele não gosta de fazer algo de importância.


Leia também:







Você também irá gostar

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.